Peixe Azul Marinho Culinária Caiçara prof e chef Paulo Veríssimo da Universidade Anhembi Morumbi

Receita do(a) Chefnauta: Chef e Prof Paulo Verí­ssimo da Universidade Anhembi Morumbi

INGREDIENTES

  • 3 tomates débora
  • 2 cebolas pera
  • 4 bananas nanicas bem verdes cortadas em 4 com casca
  • 3 dentes de alho roxo
  • 2 g de pimenta-do-reino preta moída
  • suco de 1 limão tahiti
  • 30 g de coentro fresco
  • 30 ml de óleo de milho
  • 3 g de sal refinado
  • 150 g de farinha de mandioca crua
  • 1 pimenta malagueta

MODO DE PREPARO

Para o caldo do pirão 

Em uma panela de ferro (utensílio indispensável), cozinhar em 1 litro de água salgada a cabeça e o rabo do peixe por aproximadamente 20 minutos. 

Retirar os pedaços de peixe e juntar ao caldo as bananas com casca previamente passadas na panela de ferro untada com óleo. 

Deixar cozinhar até que o caldo adquira uma cor azulada e as bananas estejam tenras. 

Retirar as bananas, descascar e colocar novamente no caldo. 

Para o peixe 

Temperar o peixe com limão, sal, pimenta-do-reino e coentro. 

Em outra panela, dourar o alho no óleo, acrescentar o tomate e a cebola, salpicar o sal e refogar rapidamente. 

Desligar o fogo, arrumar cuidadosamente as postas do peixe na panela, colocar um pouco de água, tampar a panela e deixar cozinhar sem mexer por 10 a 15 minutos. 

Bater no liquidificador a banana com o caldo, obtendo um pirão. 

Colocar em uma travessa, dispondo as postas do peixe no meio do pirão. Salpicar coentro, e servir acompanhado de farinha de mandioca à parte.

Azul-marinho

É um dos pratos mais tradicionais da cultura caiçara (do litoral). O nome vem da coloração azulada que ele ganha a partir do cozimento da banana verde com o peixe. Nesse processo, o tanino – substância que é responsável pela adstringência, ou sabor de “amarrar a boca”, que sentimos ao ingerir frutos verdes – desprende-se da banana e libera a cor ao preparado. Aliás o peixe e a banana são ingredientes muito frequentes na cozinha caiçara, dada a facilidade de encontrá-los nas regiões litorâneas.

É o prato típico do litoral norte de São Paulo (Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba), mas pode ser encontrado em regiões litorâneas de várias partes do Brasil, também. A receita pode variar de região para região.

Fonte: https://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/201208-culinariatipica.php

https://receitas.ig.com.br/azul-marinho/4e9223cd97a024f73700002d.html


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0