~~~ Chef a Chef ~~~

Toque Blanche, o mais emblemático acessório do cozinheiro!

Por que os chefes de cozinha usam aquele chapéu grande?
Marcelo Ferroni

Giovanni Donizeht de Souza Neves, Gonçalves, MG

Tamanho é documento

 

http://galileu.globo.com/edic/146/imagens/semduvida09.jpg

O chapéu do chefe de cozinha, branco e comprido, é usado por uma questão de hierarquia. Com ele, é possível distinguir o superior de seus ajudantes, que usam o bibico, chapéu com duas pontas. Chamado de "toque blanche" (touca branca, em francês), o chapéu tem uma origem incerta. Acredita-se que ele surgiu por volta do século 16, no Império Bizantino, na Europa Oriental. Conta a lenda que, naquela época, na Grécia, muitas pessoas se refugiavam em monastérios ortodoxos para fugir de invasões bárbaras e, inclusive, se vestiam como os monges, com longos chapéus pretos, para escapar da perseguição. Entre eles estavam os cozinheiros, que mais tarde adotaram o mesmo modelo de vestimenta, na cor cinza. A cor branca veio no século 19, quando o "chef" francês Marie-Antoine Carême (1784-1833) redesenhou os uniformes dos chefes de cozinha e adotou o chapéu comprido como símbolo de hierarquia elevada. É importante ressaltar que a "toque blanche" também é usada pela questão da higiene. Além de manter o cozinheiro protegido, ela impede que seus fios de cabelo caiam no prato em que estiver preparando.

Fontes: Ronaldo Barreto, professor de gastronomia do Senac; Enciclopédia Britânica

Dólmã de cozinheiro

Juntamente com a toque blanche, é tradicionalmente utilizado por Chefs Cozinheiros e Mestres Confeiteiros e Padeiros por tradição herdada de Auguste Escoffier, o "Imperador dos Chefs" e codificador da Gastronomia.

Hellblaue Attila der k.u.k. Husarenl.png

William Orpen Le Chef de l'Hôtel Chatham, Paris.jpg

Dólmã militar.

Dólmã de cozinheiro.

 

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dolm%C3%A3

Por que os cozinheiros usam chapéus compridos?

O nome original do adereço é toque blanche ("touca branca", em francês). Ele foi instituído pelo rei da França Luís XIII (1601-1643). Na época do seu reinado e, mais ainda no de seus sucessores Luís XIV e Luís XV, a arte culinária foi alçada a um patamar de tamanha importância que os cozinheiros passaram a ser chamados de officiel de bouche (oficial da boca). Havia ainda, como em todas as outras funções e cargos palacianos, uma hierarquia - que se manifestava no tamanho do chapéu. O chef de cuisine, que comandava todas as operações, usava um chapéu grande e seu ajudante, um bonezinho. Laurent Suaudeau, famoso cozinheiro francês radicado no Brasil, conta que toda essa história começou com os monges, que, na Europa medieval, foram os principais estudiosos e praticantes da gastronomia. "Era dos monastérios que saíam as receitas mais gostosas da época. Os reis franceses copiaram a vestimenta usada por esses monges e, sem querer, acabaram popularizando os chapéus de cozinheiro em todo o mundo", afirma Laurent.

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/por-que-os-cozinheiros-usam-chapeus-compridos

O-chef-do-Hotel-Chatham

Atualmente o popular chapéu de cozinheiro foi modernizado, misturando cores e imagens o chapéu do chef de cozinha não precisa ser necessariamente branco, ele pode ser alegre e estiloso.

 

 
 
 

Chef a Chef ® 2008 - portalgastronomico@chefachef.com.br - Todos os direitos reservados